Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

Diluído


'Form-spirit transformation' de Giacomo Balla
                       “Form-spirit transformation”  de Giacomo Balla


Tem uma parte de mim,
bem distante,
onde nunca fui
e, com certeza, nunca irei.
Tem outra parte de mim,
tão fundo
lá dentro de mim,
que não vejo
ou sinto.
Tem outra parte de mim
colada em uma criatura,
em dependência morfológica.
Outras partes espalhadas
neste imenso universo
de tudo:
paixões relâmpagos
em algum Everest
da última galáxia.
Estou, geograficamente, tão diluído
que também não sei onde

poderei estar...


De: João Costa Filho


 


publicado por jpcfilho às 13:39
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Carla Granja a 24 de Janeiro de 2009 às 14:40
olá amigo! como sempre a tua poesia extravasa qualquer sentimento. amigo,andei ausente por causa da venda do meu livro,mas cá estou de volta e espero a tua visita bjo
e bom final de semana
carla granja


De ana poeta. a 25 de Janeiro de 2009 às 01:00
João.

Diluido assim em tantas quimeras, o que nos resta é embeber da tua poesia que é sempre inebriante.

Beijos Poéticos.
;****


De Sonhosolitario a 25 de Janeiro de 2009 às 16:28
ola amigo jcfilho ,boa tarde e resto d ebom domingo
deluido ma snão desaparecido,é como um sonho perdido mas achado,todos temos ém nós algo que nunca iremos encontrar por muito que tentemos,
obrigado por este lindo poema amigo JcFilho
um abraço deste seu amigo ,
sonhosolitario


De Alzira Macedo a 26 de Janeiro de 2009 às 11:50
Caída de paraquedas neste blog....
Nao tinhas a minima ideia de que ia encontrar tao belo poetar...
Parabens gostei...
Abraço poetico


De TiBéu ( Isa) a 27 de Janeiro de 2009 às 08:32

Uma parte de mim
Veio por aqui passar
Para um beijo deixar

Não fiques desiludido
Que um dia te vais encontrar
Porqur tudo se vai arranjar,
Na dependência nunca vais ficar.

Meijinho


De Secreta a 27 de Janeiro de 2009 às 11:21
Em tudo há um pouco de nós!
Beijito.


De Alzira Macedo a 28 de Janeiro de 2009 às 10:15
Olá bom dia amigo....
tudo bem contigo?

Não me leves a mal, mas gostei do teu poema e tentei escrever a outra parte de ti....

A outra parte de ti

Eu que longinquamente te sinto
te procuro, te leio
sinto o prazer em te responder sem receio
Permaneces, onde nunca chegarei
és, o que nunca descobrirei
vives onde nunca irei
és a outra parte de mim
que busca sem ter fim
busca a paz, o carinho a partilha
a razão de viver sem medida
diluídos por tanto querer abraçar
abrindo braços e rumos
onde te possas ir aconchegar
Confundidos nas paixões
os relâmpagos nos destroem por varias razoes
espalhando um pouco do nosso ser
pelo universo da ilusão
ao encontro de quem
te dei-a a mão


De oriona a 29 de Janeiro de 2009 às 00:57
Surreais imagens de nós mesmos
perdidos em meio ao tempo
ou dentro de nós
E estamos, em tantas partes espalhadas
nesse imenso Universo.
E estamos em nós
diante de nós
escondidos no íntimo de nosso ser.

Doces beijos para ti!!!
Oriona


De TiBéu ( Isa) a 29 de Janeiro de 2009 às 09:20
Vim desejar um bom dia!cid_.gif
Fiquei embebida na tua linda poesia


De Lu Rosario a 29 de Janeiro de 2009 às 14:17
É difícil conhecer-se por completo. Sempre fica-se a sensação de que se está diluído..

Vc sumiu? Que houve?

Beijos, amigo querido.. smack!


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.Link em selo



.links

.pesquisar

 

.subscrever feeds