Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

Calendários


'La vie' de Marc Chagall
                                                          "La vie"  de Marc Chagall


Todo tempo fui velho.
Minha mocidade
só durou quinze minutos.
Sou apenas lembranças...
Ter e haver são nada...
Fortunas são nada...
As militâncias não me animam.
O saber é nada,
diante do tudo.
O amor e a dor,
passagens necessárias.
O passado, presente,
aqui...
Logo, o futuro não dirá.
Só posso carregar minhas rugas
e o desânimo das pessoas
com as pessoas
e comigo...
Tive tempo para alguma coisa?
Se eu fiz alguma coisa?
Algo tem importância?
Que importâncias,
diante do buraco negro?...
Não exatamente
nesta ordem...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:02
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Henrique Mendesh a 15 de Agosto de 2007 às 22:59
Grande João, sempre equacionando a vida, não é mesmo? E, como dizes, " logo, o futuro não dirá"...rsss...
No entanto, levando em conta os teus textos, creio que não podes ter dúvidas quanto a teres tido tempo para alguma coisa ou não. Eles estão aí, magnificos, atestando que sim. Que tiveste tempo, e que o soubeste usar lindamente.
Quanto ás rugas, meu caro...aí a coisa complica-se !
Talvez tenhamos que nos reconverter em estetas parciais...
Um grande abraço
HM


De jpcfilho a 16 de Agosto de 2007 às 09:58
Olá Enrique, obrigado pelas palavras elogiosas. O grande mal é, que posso acabar me acostumando, e daí, acreditar em papai noel. Abraço.


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds