Sábado, 1 de Setembro de 2007

Tormento


'Blossom of pain' de Edvard Munch
           "Blossom of pain"  de Edvard Munch


Borrasca,
tempestade,
tufão.
Ondas e fortes tremores.
Tudo,
em violeta catástrofe.
O coração
espoca em mil faixas
de fogo, pus e sangue
multicores.
Abismos, quedas e fendas
e gritos eco-sonantes.
Tudo isso e eu na arena,
gritando gritos alucinantes.
Chega!
Chega de andar,
desandar e cair!
Chega de levantar,
vomitar e correr!
Chega de tudo!...
Quero morrer!


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:40
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Bruxinhachellot a 2 de Setembro de 2007 às 01:45
Tanto sofrer, tanta dor e um desejo deles se livrar. A morte é só uma passagem e não a solução de nossos problemas.

Beijos de Sol e de Lua.


De jpcfilho a 2 de Setembro de 2007 às 09:05
Olá Bruxinha, é isso aí, mas dá para contornar, pode deixar...Obrigado e beijos...


De Henrique Mendes a 6 de Setembro de 2007 às 21:54
vou ter de chamar a turma do "deixa disso!" ?
Um grande abraço, João. Muito bonito, o seu poema.


De jpcfilho a 8 de Setembro de 2007 às 23:05
Olá Henrique, muito obrigado, e um belo fim de semna..Abraço.


De Cöllyßry a 11 de Setembro de 2007 às 23:50
Assim o Munso vai...com dores e tormentos...

Lindo belo Poeta

Doce beijo


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds