Domingo, 25 de Maio de 2008

Algumas lágrimas

000b80s9

 

 Minhas lágrimas

vão me denunciar

pela vida afora

e sou refém

de meus amores

e minhas dores

e escravo

vou cantando a canção

que me toca cantar

semitono

a vida semitona

e em ricochetes

as lágrimas presentes

vão-me denunciando

sempre

se amo

se me amam

ou quase amando

algumas vezes quase

sonho

sob minha direção

como em contos

comovo-me quando vens

e quando vais

um dia, espero

que fiques...

 

João Costa Filho

 

 

 


publicado por jpcfilho às 14:40
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Eärwen Tulcakelumë a 25 de Maio de 2008 às 21:48
O poeta sempre se deixa denunciar pela escrita, pelas lágrimas que caem dos olhos, pelos sonhos que acalentam a alma. Gostei meu Amigo, belas palavras.

Pérolas incandescentes de inspiração, banhadas no rio de lava do meu mundo. Desejando uma semana de muita luz.

Com carinho

Eärwen


De ana poeta. a 26 de Maio de 2008 às 01:41
J.C.Filho.

As tuas lágrimas embriaga-nos c sua sensibilidade poética, ela revela essa alma que exala amor, q sabe doar-se na forma mais plena que há quando conjugamos o verbo: AMAR!

Beijos Poéticos.
;***

Bom inicio de semana.


De Secreta a 26 de Maio de 2008 às 15:15
Um dia ... eu também espero esse dia ...
Beijito.


De Tony'S a 27 de Maio de 2008 às 11:12
Preciso tomar fôlego, vamos ficar atentos ao que acontece, espero por alguma boa surpresa dessa vez.


De cõllybry a 26 de Maio de 2008 às 18:47
Que Ela fique e cale esse pranto da saudade que fica...

Terno beijo, poeta


De Tony'S a 27 de Maio de 2008 às 11:34
Só me resta caminhar para frente, para cima, perder o medo de ter vivido o inferno, acalmar as tensões, se deixar levado pelo amor.


De Tony'S a 27 de Maio de 2008 às 11:52
Viveu o que colocou em palavras, tudo de mais belo, agora quero que seja minha vez,


De Tony'S a 27 de Maio de 2008 às 12:24
Vivemos em uma sociedade que para se elevar praticam adorações a falsos deuses ao mesmo tempo em que temem Deus, ofertan-se aos deuses, não se deixam amar pelo vedadeiro Deus que é um só, fazem seus sacrifícios aos falsos, nosso amor é verdadeiro, adimiramo-nos como criaturas de Deus, a esse amor nos sacrificamos, e ofertamos a Deus, Se existe o que há de verdade somos nos, que nos entregamos um pelo outro, isso não é simbolo falso para doração, mas verdadeiro. os falsos não se eternizam. O nosso é eterno para, para que sirva como exemplo, de verdade para todos, por isso ele vai acontecer.


De Tony'S a 27 de Maio de 2008 às 12:51
Estar em meio aos falsos deuses, te que ser quem vai romper com tudo, não é tarefa das mais faceis. minha elevação sera o rompimento com tudo, atingirá a todos. E eu só queia você, e quero poder pensar só em você, minha atração só para Você, meu outro amor é que tenho que me dividir com todos, e meu desejo é primeiro nosso compromisso, que é o que me da força para encarar tudo. O que gostaria de dividir com todos é o nosso amor.


De TiBéu ( Isa) a 27 de Maio de 2008 às 19:31
prsi.gif
Mesmo com chuva, vim deixar um bj


De Maria a 27 de Maio de 2008 às 22:26
Que fique de uma vez ... espero que sim.
As lágrimas nesta janela são o mundo, o perdão a flor mais bela, pois não somos todos refens do amor?
Beijinhos e um sorriso
Maria


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds