Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Eloquências

 

Sinto-me hiperbólico

ao te pensar, percebo-me

superlativo, e doudo

mergulho profundo

em teus olhos redondos

que dizem oceanos...

Às tuas cores

e sinuosidades

que falam de montanhas,

e proponho, tudo!...

Quero beber

 o doce nectar da vida

em teus lábios

e beijar teus olhos de loucuras

e te apalpar geograficamente..

Vou apagar os versos,

ou redondilhas

que me fazem,

sentir ciúmes até de mim,

sem te saber...

Por favor me diz

onde estás

onde  escondes esse todo,

se ente, se estrela

se cósmica.

Apenas responde

e alivia os anseios,

deixa de ser sonho,

e só uma vez trona-te visível.

Por favor, aparece..

Ou dia desses

transbordo coragem

e te remeto bilhete

com as palavras

insondáveis. .

Até os confins do Universo...

 

João Costa Filho

 


publicado por jpcfilho às 19:16
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Domingo, 12 de Abril de 2009

Que vive

 

  

Anima a tua vida

como a rosa dos ventos

ou girassol, que orienta-se de luz.

Toda a tua natureza é luz

Que em cascatas de teus sonhos,

suaviza, teus dias poucos.

Tua idade de borboleta

não te pertence,

quando a terra em que pisas

te chama todas a noites, e dias

Dorme menos,

brinca um pouco de criança,

e voa com os pássaros

até o vórtice de ti.

E te expande em amor, e dor.

Cuida da primeira aurora,

e cultiva flores, muitas flores,

e beija uma criança todas as manhãs,

pois a noite não tarda,

e é muito escura,

como o sono eterno.

O dia é a única metáfora da vida,

exercita-te, e terás oceanos de idéias.

Como definir um minuto de vida,

ou um século de sono?

Ninguém sabe! Então, nunca esqueças

de amar muito o amor, e bem,

em cada instante que for teu,

para que renasças todos os dias

á luz do sol.

Como o “Pássaro”.

QUE VIVE...

 

 


publicado por jpcfilho às 12:18
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

.Ao som de:


.mais sobre mim

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.Link em selo



.links

.pesquisar

 

.subscrever feeds