Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Meu alfabeto genético

 


'Dominion' de M L Walker
                                                       "Dominion"  de M. L. Walker


Meu alfabeto genético
diz-me coisas hediondas.
Está escrita, ali,
a minha herança maior,
que os dez mandamentos
inverteram, com um simples não:
- Não matarás!
- Não roubarás!
- Não estuprarás!
- Não comerás a mulher do próximo!
Estas leis faltaram-me
com o devido respeito.
Como não vou cumprir
o Estatuto do Homem
e deixar de ler, em meu DNA,
nas Escrituras,
minhas inerências?!...
Devo cometer, sim,
sem hipocrisias
e sem culpas,
e assumir o canalha vil
a mim destinado,
lá, no começo,
em meu Código Genético.
Coerência é fazer a guerra,
é destruir a Natureza,
são as armas nucleares,
os genocídios,
os das guerras e os dos políticos
profícuos em promessas odientas.
Vou assassinar todas
as crianças pálidas de fome,
roubar a rosa vermelha
da Menina do Adeus,
usar o seu Santo Nome em vão,
comer a mulher do próximo,
roubar a esperança
de quem ainda a tiver.
Roubar é a sina maior!
Vou ser, veementemente, vil,
para não envergonhar meus pares:
os heróis, os homens santos
e os políticos.
Um grande não às falsidades!
Vou acabar com a fome.
Numa catarse herodiana,
vou matar
todas as crianças nascíveis pobres,
na manjedoura...
Este é meu projeto
de fome zero...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 13:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 3 de Novembro de 2009

Evasivo


    'The Wheel of Fortune' de Edward Burne-Jones
“The Wheel of Fortune”  de Edward Burne-Jones


Tudo é evasivo.
Do topo das montanhas,
nada contemplo
há milhões de anos,
senão almas revoltas
em mares bravios.
O céu de chumbo
contempla há mais anos
a noiva que retoca
promessas
de futuros fados,
indecifráveis.
Meninos carregando
o globo e o destino.
O profeta carregando
os incautos
por vazios evasivos
de não esperar.
A certeza
é, apenas, uma roleta
ou um dado
atirado no pano verde.
Façam o jogo,
senhores...


De: João Costa Filho



 


publicado por jpcfilho às 17:56
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

.Ao som de:


.mais sobre mim

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.Link em selo



.links

.pesquisar

 

.subscrever feeds