Domingo, 26 de Novembro de 2006

O que eu vi


'Allegory of poverty' de Adriaen Pietersz van de Venne
“Allegory of poverty” de Adriaen Pietersz van de Venne


Ouvi uma velha dizer
que passar fome é normal.
Eu vi um menino rir
do futuro.
Vi um homem comendo
no lixo,
como se fosse
um bicho.
Vi a menina Maria das Dores
sofrendo de amores
e de fome,
que come o homem,
que come do homem.
Vi o beato conversar com Deus
e quem ganhou
foi o ateu.
Vi a peste negra
devastar aldeias,
ouvi o canto das sereias,
fui ao norte e ao sul
e nada, nada era azul.
Tudo como dantes:
o homem comendo o homem,
o menino que não tem alma,
a velha que não tece esperança,
a Das Dores
morrendo de amores.
E nada a fazer...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:44
link do post | favorito
De Suzy a 1 de Dezembro de 2006 às 14:48
Que poema tão profundo e, no entanto, tão real...

Descreveste o mundo como ninguém.
beijinho para ti!


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds