Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006

De Heróis e Santos


'Archeological reminiscence' de Salvador Dali
                                     "Archeological reminiscence"  de Salvador Dali


Não existem heróis
nem santos.
Existem devaneios,
e projeções
de nossos sonhos...
Todos tão somente humanos
em suas qualidades
inerentes e intrínsecas
do homem
e sua humanidade,
que, ao pesar, não é muito
do que nos pretendemos,
mas apenas projetos,
sonhos desesperados
de resgatar,
mesmo que em outros,
um sentido mais nobre
para a vida,
para o homem
e sua estatura.
Se, por um momento,
perquirirmos os personagens,
veremos que
os heróis, os santos
e nós mesmos
somos de barro.
Por isso, padecemos
e dividimos
todos os bens
a nós doados,
igualmente...
A nós, aos heróis,
aos santos e aos demônios,
que nos fazem unos...


De: João Costa Filho




publicado por jpcfilho às 21:41
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De gaivotadaria a 4 de Dezembro de 2006 às 14:05
Nós mesmos somos de barro! Somos mesmo feitos de pó ao qual iremos voltar. Só que muitas pessoas não se convencem disso até ao final da caminhada...
(o sapo hoje não dá para comentar muito bem, por isso o meu endereço de página não aparece)


De jpcfilho a 5 de Dezembro de 2006 às 07:32
Linda Gaivotadaria, é verdade que muita gente pensa que é diferente, e os santos e os herós são assim.Quanto ao sapo, pular mais que esse, desconheço...beijos


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds