Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

Caminho perdido


'Lost illusions or Evening' de Charles Gleyre
                                       “Lost illusions or Evening”  de Charles Gleyre


Tenho de carregar,
desesperadamente,
algumas barcaças,
todas repletas de solidão,
de falar sozinho
e de não ter a quem dizer
do tempo, do meu tempo
e das coisas mais comuns
que me afligem.
Atavicamente, necessito
dizer de meus medos
e da mão pesada que é
carregar sobre os ombros
alguns cadáveres do passado
e sem futuro.
Tenho de atravessar aquela ponte
com a sobrecarga de mim
e de não ter a quem perguntar
onde.
Os caminhos, eu conheço,
mas não sei mais.
É caminhar!...
Meus passos dizem:
Para onde?...
E eu tenho de carregar
aquelas barcaças
e atravessar aquela ponte,
mas ninguém
para me dizer
como, porquê, para onde...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:15
link do post | favorito
De gaivota da ria a 21 de Dezembro de 2006 às 22:50
Também me faço perguntas, também não obtenho respostas, talvez seja mais feliz quem não se debruça muito sobre o porquê das coisas...
E quantas vezes temos tantas pessoas à nossa volta e não temos ninguém para nos ouvir...
É Natal, alguns o festejam por simples tradição ou por outro motivo qualquer mas outros ainda acreditam que um dia nasceu um homem bom.
Feliz Natal.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds