Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007

Emudecido


'Margin of Silence' de Kay Sage
                    "Margin of Silence"  de Kay Sage


Tenho um pedaço de mim
prisioneiro do nada,
sem propostas,
sem pertences,
sem idéias, figuras
ou esfinges a desvendar...
Tenho outra parte de mim
refém de vácuos
inquestionáveis.
Outra parte pensa quedas,
sem régua.
O vazio há muito não fala,
mas pensa abismos
e esquecimentos.
O resto que resta
emudece,
sempre emudece...


De: João Costa Filho




publicado por jpcfilho às 21:01
link do post | favorito
De Silvia a 6 de Janeiro de 2007 às 12:23
Você fez "sacanagem" porque realmente essa é a formação mais importante mas você sabia que eu me referia a outro tipo de formação. Que "safadão". Bom... falando do poema:

Para não emudecer tem que falar nem que seja "besteira", como estou a fazer neste momento. Você tem muita coisa apesar de pensar que tem um vazio: tem o pâncreas, os rins, o fígado, o intestino grosso e até um delgado,....mas o mais importante é o coração...ele pula, estremece e não pense que é doença....ele apenas revela o que sentimos e às vezes é revolta.

Até


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds