Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Um pouco diferente


'A beautiful world' de Grandma Moses
                                            “A beautiful world”  de Grandma Moses


Se, por um desses milagres,
tivesse outra chance
para renascer, viver,
mudaria, humildemente,
algumas coisas em mim.
Pegaria com mais vagar
as coisas leves
e o tempo libertaria,
sem dependências, sem desperdícios,
sem ansiedades,
sem acumular nada,
a não ser para sobreviver.
Embora independente do tempo,
saberia o quanto me restava
e cuidaria bem
de minhas rosas
e encheria meus cofres
de Natureza.
Aquele monte, ali, na janela,
um rio no fim da rua,
a menina no cio,
o amor,
o namoro simples
e sem vergonha,
o amor canalha, mas amor,
a paixão insensata,
ali, de mãos dadas com o viver.
A Natureza diz a todos,
baixinho:
Tens de amar,
amar muito
e fecundar esta Terra,
se ela sou - Terra!
Bem ali, tem um colibri
e o mar.
Ter o mar, o horizonte,
o sol e a lua seresteira.
E como gostaria de ter amigos verdadeiros!...
Quero mais amigos verdadeiros,
quero ser mais piegas
e rezar, antes de amar
e depois, também.
Na maior oração da vida,
um hino ao amor...


De: João Costa Filho




publicado por jpcfilho às 23:08
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De gaivota da ria a 13 de Janeiro de 2007 às 00:53
Hoje não poderia desligar o pc sem antes passar por aqui, e que dizer ao ver neste blogue sempre mas sempre a quantidade em igual proporção com a qualidade?!
Li de fio a pavio aquilo que ainda não tinha lido, resta-me deixar-te um beijinho grande e desejo de tudo de bom para ti.


De jpcfilho a 13 de Janeiro de 2007 às 07:22
Querida Gaivotinha, quanto tempo não te vejo? Obrigado por apareceres, sempre é muito bom te ler...beijos


De Silvia a 13 de Janeiro de 2007 às 13:47
Este poema é um sonho. É o sonho que todos temos connosco. É esse sonho que comanda a vida e são todas as barreiras que encontrámos para o concretizar que nos tornam naquilo que somos.

Enquanto lia parecia estar no paraíso...e às vezes temos o paraíso ao nosso lado e não vemos...isso é triste. Quem nos manda ser "cegos"?

Se entendo os homens!

Até breve


De jpcfilho a 13 de Janeiro de 2007 às 16:05
É verdade Silvia, nós homens, somos todos cegos, ou quase, se muitas das vezes a felicidade está bem ao teu alcance, mas privilegias as coisas mais complicadas, ou sofisticadas, ou geralmente necessitas para ser feliz da aprovação ou de bençãos alheias...beijos


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds