Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Ninguém tem tempo


'Desire' de Paul Curtis
                                      “Desire”  de Paul Curtis


Ninguém tem tempo
para sofrer de amor:
a vida urge,
o tempo arde,
o corpo clama.
Ninguém tem tempo
para sonhar:
o tempo urge,
a vida clama,
o corpo arde.
Só temos tempo para amar:
o tempo clama,
a vida arde,
o corpo urge,
a alma reclama.


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:45
link do post | favorito
De Secreta a 29 de Janeiro de 2007 às 15:13
Eu tenho tempo , no tempo que me falta.
Beijito.


De jpcfilho a 30 de Janeiro de 2007 às 06:54
Olá Secreta, sempre vc terá tempo, e nada lhe faltará. Obrigado pela visita. Beijos


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds