Sexta-feira, 2 de Fevereiro de 2007

Sempre o amor


'Together' de Johanne Cullen
                                              “Together”  de Johanne Cullen


Sempre o amor vem a mim
e, como turbilhão,
alvoroça todos os meus eixos,
leva-me a loucas paixões,
bem no centro de mim,
e, um dia, parte.
Às vezes, sem dizer adeus.
Outro dia, haverá de voltar
e me levará, novamente,
em seu colo.
E, quando tudo for só amor,
quererá ir-se, de novo...
Timidamente,
lhe suplicarei
que fique comigo,
por mais algum tempo,
algum tempo de luz,
e, quem sabe,
esquecerá de partir
e ficaremos de mãos dadas
para sempre...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:20
link do post | comentar | favorito

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds