Sábado, 17 de Fevereiro de 2007

Esquecimento


'The isle of the dead' de Arnold Böcklin
                                            “The isle of the dead”  de Arnold Böcklin


Um irracional medo
assusta o homem,
desde o começo dos tempos.
A natural predisposição
gregária
nos mantém mais fortes,
menos vulneráveis.
Caminhar em grupos
ou em par
é a subsistência humana
a amparar as nossas neuras.
Coexistindo, amando, jurando,
comprando, vendendo,
associando-nos,
construímos Babilônias,
Muralhas, as sete mil maravilhas
e o amor
que nos fala de multiplicar.
Mas, um dia,
irremediavelmente,
nos descobrimos sós,
em alguma ilha do Universo.
E, aí, solitariamente,
carregamos às costas
ou no fundo de nossos baús
muitos planos
e projetos
de toda uma vida,
relegados ao nada
ou ao esquecimento...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:11
link do post | favorito
De suspiros a 18 de Fevereiro de 2007 às 15:53
Olá:)Boa tarde estou de volta,embora com outro nome e não.não poderei mencionar quem era antes;) contudo espero por ti e espero que continues a gostar de me ler;) beijokinhas


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds