Segunda-feira, 5 de Março de 2007

Vamos falar do bom


'Allegory of Earth' de Jan Brueghel the Younger e Hendrik van Balen I ou Hendrik van Balen II
            “Allegory of Earth”  de Jan Brueghel the Younger
                          e Hendrik van Balen I ou Hendrik van Balen II



Sempre explodi de emoção,
ao olhar as crianças brincando,
ao ver a chuva cair,
o sol brilhar,
ao provar mangas
e todas as frutas,
ao ouvir
a algazarra dos pássaros
e os irrenováveis rios,
o “Rio de Janeiro,
Fevereiro e Março”...
Uma planta, muitas plantas,
uma rosa, outra rosa, muitas rosas,
alguns cravos,
o amor, muito amor, o amor!
E o narizinho das mulheres,
e os olhinhos das mulheres,
e a boquinha das mulheres,
e a cinturinha delas,
a geografia delas
e aquela arquitetura total
(sem os temperamentos,
é claro!...)
E a urgência de se completarem
e nunca se distanciarem.
Com muita alegria
e um pouco de melancolia
e muito amor,
amor sem fim...
Posso não acreditar nos profetas,
nos santos ou nos políticos,
mas que Deus existe?...
Ah! Existe, SIM!
ALELUIA, SENHOR!...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 20:41
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De YSL a 6 de Março de 2007 às 15:33

Desde faz um tempo que eu aprendi a agradecer as coisas belas que vejo, mesmo sendo uma mulher bonita, e acredita isso deu-me uma força diferente e um animo grande de viver.
Obrigado e um beijo doce.


De jpcfilho a 6 de Março de 2007 às 23:52
Olá YSL, é isso mesmo, sempre agradecer tudo que recebemos de bonito, e que nos deliciam os olhos e o espírito. Aleluia. então...beijos


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds