Quinta-feira, 8 de Março de 2007

Eu não sou pedra


'The Parthenon' de Frederic Edwin Church
                                       “The Parthenon”  de Frederic Edwin Church


As pessoas que não percebem
a urgência da vida
não são pessoas,
são pedras,
pois essas têm mais tempo,
para, como pedras,
passarem dias, anos,
pacientemente...
Após muito tempo,
ainda serão pedras
e ficarão ocupando espaços
de pedras,
pois são pedras
e crescem
com os desdouros
nos escombros,
nas destruições.
Sempre crescem
e atravessam histórias
e milênios
a lagartear...
Mas eu não sou pedra
e nisso está minha apreensão
dos fatos, das cousas...
Urge, pois, precipitar.
Minha idade é de borboleta...
E não sei
nem se terei tempo de decorar meu texto.
Mas, se eu fosse pedra,
aí, sim, teria tempo...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:18
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Cöllyßry a 9 de Março de 2007 às 02:44
Na verdade pedras é a expressão, mas atá as pedras vida tem...Doce beijo


De jpcfilho a 9 de Março de 2007 às 07:40
Collybry, obrigado por esvoaçar por aqui... beijos.


De Lu Rosario a 9 de Março de 2007 às 13:39
Que bom que não és pedra e assim não pára no tempo como se nada no mundo passassem, como se a lua permanecesse sempre a mesma e o sol não nascesse.
Que bom que és borboleta..e vive livre pelos campos.. admirando as flores e cantando a liberdade.

Beijos.


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds