Quinta-feira, 15 de Março de 2007

Palavras


'Erotik I' de Heidi Bresinsky
                     “Erotik I”  de Heidi Bresinsky


Visto-te de palavras
e de gestos,
viajo em musicais incomuns,
para tentar explicar
o que não é aceito,
o que é rejeito...
Simples mudanças
de lugares.
E, de algum lugar,
olho-te
e te visto com meus sonhos
e neles te ponho
na aceitação comum.
Sou como sou,
és como és
e só a adequação nos libertará
de teus credos e preceitos.
Vamos desnudar-nos
de palavras, de hipocrisias
e dar-nos outra chance,
para, despidos,
nos perdermos,
absolutamente,
em nós mesmos...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:51
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Secreta a 16 de Março de 2007 às 09:34
Palavras que nos mostram e nos escondem . Que se apoderam de nós o tempo todo.
Beijito.
Bom fim de semana.


De Cöllyßry a 16 de Março de 2007 às 21:07
Palavras que dizem o vento leva...eu digo que as palavras bem dirigidas,
são o melhor e maior conforto, com um agafo então...
mei beijo doce e lindo Poeta


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds