Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Procura-se...


“Christ driving the merchants from the Temple” de Jacob Jordaens
                    “Christ driving the merchants from the Temple”  de Jacob Jordaens

 

 

Procura-se um Deus!
Um Deus de misericórdia
e que, sobretudo, ame
os colibris, os meninos de rua
e as rosas, e os pássaros
Um Deus que, de nenhuma forma,
seja raivoso e vingativo
e que também não envie
ninguém
para as profundas dos infernos.
Falo de um Deus que entenda
que pecar não é pecado
e que os pecados mortais
sejam só para os imortais
e que possamos conversar de sexo,
naturalmente,
assim como é natural
um Deus de muito azul
e de todas as janelas voltadas
para o verde esperança.
Um Deus que, de nenhuma forma,
se alie aos políticos demagogos
ou a pastores, padres ou quaisquer

 de índoles duvidosas
e que nunca, por nenhum motivo,
cobre dízimos aos miseráveis,
prometa  indulgências aos poderosos,
e que seu santo nome
nunca seja pregado em vão
ou em formas de propagandas
arrecadatórias
e que não exija castelos, catedrais
e outros monumentos ornados de ouro.
E que também não nos puna e flagele
como recomendações diuturnas
de seus ricos representantes...
Enfim, quero um Deus assim
simples, como parece ser.
Assim com a exuberância da natureza
em toda sua majestade de rios,
montes, lagos e florestas...
Assim, como a natureza, deve ser este Deus
e com um olhar profundo para o homem
em seu mandamento maior:
“Ama a teu próximo como a ti mesmo”...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 19:24
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De TiBéu ( Isa) a 23 de Abril de 2008 às 01:17
untit,,led.bmp
Vim dar as boas noites e desejar uma noite descansada. bj


De paulovilmar a 23 de Abril de 2008 às 02:57
João!
Olhe,meu amigo, profundamente, para dentro de você mesmo e terás a tua resposta! É o único deus plausível, que ama, ri e chora... Belíssimo poema!
abraços!


De Mar Belo a 23 de Abril de 2008 às 11:27
ol aamigo passei para te dizer que tenho um miminho no meu blog mar_belo
um abraço
sonhosolitario


De Secreta a 24 de Abril de 2008 às 10:12
Procuramos tanto e tanta coisa ...
Beijito.


De efeneto a 24 de Abril de 2008 às 15:39
Há no voar das gaivotas,
Um cheiro que paira no ar.
Sei que este Inverno vai acabar.
Não haverá sonhos mutilados,
A paz é um país a conquistar
Ao sabor do perfume dos cravos.

Sei que a Primavera vai despertar
No sol de Abril em verdade,
Sei que os rios desaguam no mar
E a nossa voz na liberdade.
**
Liberdade no feriado e Paz no fim-de-semana.
Beijos e abraços á escolha.


De cõllybry a 25 de Abril de 2008 às 19:42
Sendo uma sentelha Divina ELE, DEUS está em nós...talvés procuram no sitio menos certo...

Belissimo doce Poeta

Beijos ternos


De menina sonhadora a 25 de Abril de 2008 às 22:28
GOstei bastante do que aqui li, alias como sempre.
adoro o fundo, nao me canso de o dizer porque é realemente belo.
bom fim de semana
bjs


De Jofre Alves a 25 de Abril de 2008 às 23:30
este poema é de cinco estrelas, com palavras à medida dos tempos. Boa semana.


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 26 de Abril de 2008 às 00:12
bonito amigo, adorei este teu post á procura de um Deus perfeito,mas...nem Deus é perfeito querido...beijinho terno e doce...tem um bom fim de semana


De Lu Rosario a 26 de Abril de 2008 às 00:25
Procura um Deus que pode perfeitamente existir.. basta um imaginar, um sentir, um acreditar e veemência.

Saudades!
Beijão!!!


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds