Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

Os meninos e as meninas


Children sleeping' de Vasily Perov
                                              “Children sleeping”  de Vasily Perov


A fome sempre bate
na mesma porta.
E a morte sempre tem
endereço quase certo,
ali, onde grassa a fome.
As doenças também
ali se abastecem.
Onde houver a miséria,
ali moram os cavaleiros
do apocalipse,
apocalipse de quem
tem fome,
fome de comer,
mas, geralmente,
são alimentados
espiritual e politicamente
e lhes ensinam a rezar
e os caminhos dos céus
e das estrelas,
mas... e as soluções, aqui,
enquanto vegetam?
Ficam por conta de Deus
que nem diz nada.
E sempre os necessitados
do reino ficam mais
desamparados.
Por que sempre batem
na mesma ferida?
Por que os pequenos
meninos da esquina?
Por que as meninas putas?
Todos já lesos
de tomar porrada
do guarda da noite,
dos heróis e dos santos.
Todos bodes de expiação.
Falecem ainda crianças,
graças a Deus...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:40
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Secreta a 10 de Abril de 2007 às 14:21
Palavras imensamente comoventes...
Beijito.


De jpcfilho a 10 de Abril de 2007 às 22:11
Olá Secreta, obrigado e beijos...


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds