Sábado, 14 de Abril de 2007

Fugidia


'Apollo and Daphne' de Theodore Chasseriau
      “Apollo and Daphne”  de Theodore Chasseriau


Vejo-te distante
e te aguardo em mim.
Algumas vezes,
mais fremente,
olho-te
com emoção,
aperto os olhos
ao te olhar,
beijo-te
sem te beijar.
Como sombra que se desfaz
em átimos,
tento te prender,
mas, fugidia, és fumaça
que sobe às nuvens
e ali devaneias.
Mas, um dia, te retenho,
agarro-te, te algemo
ao pulso das possibilidades
que proponho...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:14
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds