Domingo, 15 de Abril de 2007

Não falem


'Silence' de Lucien Lévy-Dhurmer
          “Silence”  de Lucien Lévy-Dhurmer


Não desperdicem palavras gentis
a uma alma taciturna,
nem falem de flores
em campo de guerra.
Não digam de amor
em covil de ódios.
Não digam verdades amargas
onde há mentiras suaves.
Não falem de amor
num vale de lágrimas.
Não falem de honestidade
onde grassa a fome.
Não digam de cura
aos enfermos terminais
nem de esperança
aos condenados...
Oxalá ficassem calados
ou nada fosse dito
como afronta.
Oxalá falassem sempre
de amor e de flores,
somente onde possam
recrudescer...


De: João Costa Filho




publicado por jpcfilho às 20:55
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds