Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Lirismos


'The touch' de Manuel Lance
                                                 “The touch”  de Manuel Lance


O amor é poesia única.
É dizer, cantando musicais
ou escutando, do mar,
palavras delicadas,
que poucas,
mas multiplicadas,
poderosas.
Inesquecíveis palavras
embalam-te nas ondas
ou no calor de acontecer
emoções glaciais e dolentes
de saudades, de luar...
Mãos dadas são necessárias.
Afagar cabelos
e alguns beijos gentis
dizem promessas e prometem
juras, muitas juras,
mais emoções,
tantas emoções...
Toques mágicos de dedos
tangem harpas
e sons somam brisas
nos olhos de carícias
que carregam estrelas
brilhantes,
dádivas que se trocam,
liricamente, liricamente...
E o futuro
somos nós...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 23:05
link do post | favorito
De Secreta a 18 de Abril de 2007 às 08:47
O amor , os afectos , caricias partilhadas. O amor , a vida...!
Beijito :)


De jpcfilho a 18 de Abril de 2007 às 09:28
Olá Secreta, o Amor, amor, amor, o eterno amor, forever...beijos


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds