Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

O encontro


'Night shadows' de Edward Hopper
                                        "Night shadows"  de Edward Hopper


O céu tinha um porte plúmbeo,
o anoitecer fazia morno,
uma atmosfera rígida
nas cores.
Enigmaticamente, saí do bar,
com uma idéia fixa.
Todo mundo tem idéias fixas...
Apressei os passos
e entrei na noite,
a maquinar meu intento.
Seria hoje ou nunca!...
Hoje, seria definitivo,
chovesse ou caísse
a maior tempestade...
Fui me esgueirando pelas sombras,
remoendo, com angústia,
minha tribulação.
Cheguei à tocaia,
respirei fundo
e me preparei de coragem,
para o evento...
Não esperei muito
e logo aquela figura singular
aproximou-se, saindo do breu.
Vinha em minha direção,
com passos firmes, cadenciados, decididos...
Eu tremia e já não coordenava as idéias,
quando ela plantou-se em minha frente
e, incisiva, perguntou:
- O que queres?
- O teu perdão!
E feri, com uma lágrima...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:09
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 08:17
Verdade verdadeira Unwritten, e o que faria a vida melhor...espelhodesombras
</a>
(mailto:jpcfilho@sapo.pt)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 22:54
custa tanto pedir perdão.. mas custa muito mais perdoar.. *unwritten
(http://newroad.blogspot.pt)
(mailto:unwritten@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds