Domingo, 6 de Abril de 2008

A tua Luz


'The Bridge of Life' de Walter Crane
                                                “The Bridge of Life”  de Walter Crane


A tua Luz é,
infinitamente, tua.
Teus cálculos são teus
e a tua dor,
de mais ninguém.

Ninguém se deitará
com tua dor

ou acordará

com tuas lágrimas
nem entrará em teu caixão.

Antecipa-te à escuridão
e cedo madruga,
na titânica luta
a ti reservada.

Tens de ir e lutar.
Não contes com heróis anônimos

nem santos da vez
ou com bons palpites...

Veste tua melhor armadura,
a mais reluzente,
faz tuas orações
e vai à guerra.

A tua salvação também
só de ti depende.

E guarda teus segredos

nas anforas sagradas
como a última barricada,
se o perdão
a ninguém pertence...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 14:04
link do post | favorito
De Maria João Brito de Sousa a 7 de Abril de 2008 às 21:58
Tu conheces bem a realidade da vida! Mas vê-la de uma forma um pouco amarga. Que é a tua forma de a ver e, por isso, está correcta. De qualquer forma estás bem armado para a enfrentar... se sentes o que dizes.
A confiança virá depois, quando te sentires suficientemente seguro para poder partir as ânforas sagradas e começar a partilhar os teus segredos.
Não te zangues. Estou só a reagir ao teu poema!
Abraço!


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds