Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Olhos distantes


'Reverie' de Dante Gabriel Rossetti
                                           “Reverie”  de Dante Gabriel Rossetti


O oráculo vaticinou:
a felicidade mora nas estrelas.
O aventureiro:
nos quatro cantos.
O marujo: nos sete mares.
O homem disse: no amor...
E de mil diferentes formas:
nos rios, nos montes,
nas borboletas, nas flores,
nos retratos de crianças.
Existem muitas e diversas.
E eu corri meus olhos atentos
pelo mundo
e tudo devassei,
com todos os sentidos.
Depois, muito depois,
vi, nas pupilas de
alguns olhos distantes,
a felicidade,
muito distante...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:31
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds