Sábado, 6 de Dezembro de 2008

Madrugada de insônia


'Night and Sleep' de Evelin de Morgan
                                 “Night and Sleep”  de Evelin de Morgan


Eu tenho sonhos que
não devo divulgar.
São apenas sonhos
que não me autorizam
a dizer de mim.
São líricos, loucos, complicados

e, sob minha batuta,
executam louvores,
elevam os amores ao altar
e a rosa adorna a cova.
Concretudes, sonhos,
amores, dores, desejos,
solidão, desejos, promessa,
minha sobrevivência e dor,
meu alimento, construções,
desconstruções,
alma louca dando a volta,
rasgando estradas e rios,
eu viajando no vento,
à procura de mim,

da árvore perdida,

de coisas esquecidas,
do que quero para mim,

na catarse

de minhas cruzadas
nessa noite insone...


De: João Costa Filho


 


publicado por jpcfilho às 05:52
link do post | favorito
De Carla Granja a 14 de Dezembro de 2008 às 23:00
olá amigo ! lindo poema como todos os outros parabéns
como ando oucupada com a venda do meu livro ,ja postei um poema de Natal para todos voçês e cá espero a tua visitinha :)
bjos e boa semana
...._.;_“.-._
...{`--..-.“_,}
.{;..\,__...-“/}
.{..“-`.._;..-“;
....`“--.._..-“
........,--\\..,-“-.
........`-..\(..“-...\
...............\.;---,/
..........,-““-;\
......../....-“.)..\
........\,---“`...\\
....._.;_“.-._ Terno beijo
carla granja


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds