Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

Ficastes

 

Ficastes

 

Questionas-me de viver?

Nada sei, e tb não sei,

mas sei que a eternidade é aqui...

São teus todos os movimentos e teus:

ser ou não ser...

Tuas formas, como caminhas

olhas, dizes, conjugas.

Tudo que fazes,

e o que não fazes.

Quando estás, e não estás,

Isto tudo te pertence,

como os céus aos pássaros

E nada sei, e,  ou fazer

se estás pespegada em tudo..

Em meu espelho

na varanda, onde sou

apenas tua  sombra

e  a saudade

que Tb inventastes.

Fostes. Mas ficastes

em todos os lugares,

eternamente...

 

João Costa Filho


publicado por jpcfilho às 19:11
link do post | favorito
De Lu Rosário a 10 de Junho de 2012 às 19:36
Nnova visita ao meu blog..e eu adorei!
Sua presença é sinal de ventos favoráveis..

...quer dizer, nem tão bom sinal assim - porque seu blog anda meio abandonado. O que houve?

Beijos.


De M.Luísa Adães a 26 de Agosto de 2012 às 11:29
joão

Ensina-me a abandonar este mundo em que escrevo
Diz-me como o devo fazer
e eu faço
por mim...

Saudades,

Maria Luísa


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds