Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2006

Reserva de sonhos


'Dream of the Orient' de Charles Amable Lenoir
                                 "Dream of the Orient"  de Charles Amable Lenoir


Não esgotes
teu estoque de sonhos.
Não tentes realizá-los
tão rapidamente.
Se puderes,
goza-os, um a um,
displicentemente
e em doses homeopáticas.
Não vás com muita sede ao pote,
pois, quase sempre,
realizados,
ficam-se banais,
e outros serão banais,
quando consumidos
com destemperança.
Esgotam-se por si,
pois os desejos
vão decepcionando,
longe daquilo
quando sonhos.
Guarda, porém, alguns.
Afinal, tens de ter
uma reserva de sonhos,
para sonhares,
sempre.
E que não te faltem
no futuro,
se sonhar é viver...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 20:54
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 6 de Fevereiro de 2006 às 22:44
Desde pequena, muito pequena que tenho uma caixinha de sonhos, sei que eles estão lá mas não sei quais são, conforme vão emergindo devagarinho vão me agasalhando e é nesse envolvimento que eu vou sonhando até ao fim na minha realidade.gaivotadaria
(http://GaivotadaRia.blogs.sapo.pt)
(mailto:bgaivota@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds