Sábado, 21 de Janeiro de 2006

Quimeras


'Air castles' de Maxfield Parrish
                "Air castles"  de Maxfield Parrish


Sou a esperança em mim,
a recriação de meus anseios,
a metáfora de meus sonhos,
o querer do inconcebível,
para realizações tardias,
quiméricas...
Sou a vontade de ser feliz,
a carência de ter não sei o quê
e dar-me uma nova imagem
e sonhar sonhos,
humanos e simples,
porém realizáveis.
E, assim, me ajustar,
no dia a dia,
para subjetivos embates,
já antevistos,
e lutar minha luta,
para conquistas no porvir.
E, então, vencê-las
e, finalmente, sorrir.


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 19:52
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 22 de Janeiro de 2006 às 15:09
----- "Sou uma esperança desiludida da vida...
Sou um pássaro que voa...
Sou o rio que desce...
Sou a noite...
Sou o luar...
Sou o sol...
Sou tudo,
apenas Não sou nada,
para você... "
Bom domingo amigo... BeijinhoGotaDeAmor
(http://poesiadiadia.blogs.sapo.pt)
(mailto:gotadeamor@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Janeiro de 2006 às 14:29
Excelente Blog...
Os meus parabéns!
Blue Deep
http://bluedeepinblue.blogspot.com/BlueDeepinBlue
(http://bluedeepinblue.blogspot.com/)
(mailto:bluedeepinblue@yahoo.com.br)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds