Segunda-feira, 10 de Abril de 2006

Rosas vermelhas


'Christ´s blood' de Guillaume Courtois
           "Christ's blood"  de Guillaume Courtois


Tenho as mãos
cheias de rosas.
Rosas vermelhas de sangue.
Tenho, nas mãos vermelhas,
estas flores sangrentas.
Tenho um punhado de vida
que não posso segurar,
se dos dedos escorre
e precipita no roseiral,
para adubar outras rosas
de sangue.
Por isso, são vermelhas.
Vermelhas de mim,
de meus irmãos
que sangram...
Rosa de Hiroshima!
Rosas partidas
em muitas meninas.
Meninas que partem
e não voltam.
Onde irão derramar
suas rosas
vermelhas de sangue?...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:02
link do post | favorito
De Anónimo a 10 de Abril de 2006 às 23:14
A imagem que aqui nos deixas é muito intensa, tal como as palavras que escreveste. As rosas são símbolo de tantas coisas e o vermelho outras tantas. Dá muito que pensar. Muito bonito. Sandy
(http://irisgermanica.blogs.sapo.pt)
(mailto:sandrineb.sousa@sapo.pt)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds