Sábado, 7 de Janeiro de 2006

Saudade de mim


'Allegory with lovers' de Paris Bordone
                                        "Allegory with lovers"  de Paris Bordone


Do teu encanto,
nasceu, cresceu
e passou
algo já esquecido em mim,
qualquer coisa
já diluída nos tempos
de onde vim
e, assim, reaprendi,
mesmo por momentos,
até a amar-me
e a crescer a ouvir-me,
ouvindo-te,
e escutando a vida,
tudo interessando
em simbiose geral.
E, ainda do teu encanto,
perdi-te, me perdi,
esqueci, diluí
e voltei à realidade,
mas guardando,
com saudade,
todo o acontecido
e vivido,
e morrido,
e, quando morrendo,
ainda terei saudade
do amor,
de ti
e de mim...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:05
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds