Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2005

Óbice de bar


'Bar interior' de Didier Lourenco
                              "Bar interior"  de Didier Lourenço


Um estorvo na escuridão
traz os mistérios
de ressacas e sobras
da cachaça de ontem,
do cigarro e do café...
Essas agruras baixam
às sombras
restos de mulher
e o sobejo de homem
que sou...
Acordo,
bebo um café,
acendo um cigarro,
e volto ao bar,
para desvendar a esfinge
e outros devaneios,
nos misteres da solidão,
às sobras de mulher,
da cachaça, do cigarro
e do café.


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:38
link do post | comentar | favorito

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds