Sexta-feira, 25 de Novembro de 2005

Matar a saudade


'Rising Fenix' de Toon Diepstraten
      "Rising Fenix"  de Toon Diepstraten 


Para matar a saudade,
fui espantar os ventos
de agonia e de dor
que invadem o corpo e a alma
e, num tormento,
acorrentam-me
às tristezas do desamor.
Por matar a saudade,
quebrei vitrais de sonhos
e interiores
combalidos de esperanças
e de mendigo orgulho
à mão estendida.
E no olhar a prece
a espera do milagre
e redenção...
Por matar a saudade,
saí da vigília
e fui à luta, só para te ver,
mas não aconteceu...
E fico perdido
por não saber do acontecido,
além de perder-te.
Mas, por matar a saudade,
descobri
que não pode ser ferida
se como Fênix
renasce todo o dia
e noite
para alimentar-se
de mim...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:11
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 27 de Novembro de 2005 às 07:36
Para gota de amor,
Tem minha autorização para publicar o que quiser..
Obrigado pela atenção...jpcfilho
</a>
(mailto:jpcfilho@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Novembro de 2005 às 22:32
Gostaria de ter a sua autorizacão para publicar um poema seu no meu blog , com os devidos créditos claro . Aguardo resposta . Mt Obrigado. Beijinho Gotadeamor
(http://poesiadiadia.blogs.sapo.pt)
(mailto:gotadeamor.@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Novembro de 2005 às 22:24
Poema lindo , lindo . Bom fim de semana . BjsGotadeamor
(http://poesiadiadia.blogs.sapo.pt)
(mailto:gotadeamor.@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds