Quarta-feira, 2 de Novembro de 2005

Calendários


'La vie' de Marc Chagall
                                                       "La vie"  de Marc Chagall


Todo tempo fui velho.
Quase não fui moço.
Minha mocidade
só durou quinze minutos.
Sou apenas lembranças...
Ter e haver são nada...
Fortunas são nada...
As militâncias não me animam.
O saber é nada,
diante do tudo.
O amor e a dor,
passagens necessárias.
O passado, presente
aqui...
Logo o futuro não dirá.
Só posso carregar minhas rugas
e o desânimo das pessoas
com as pessoas,
e comigo...
Tive tempo para alguma coisa?
Se eu fiz alguma coisa?
Algo tem importância?
Que importâncias,
diante do buraco negro?...
Não exatamente
nesta ordem...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 18:15
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds