Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Poetas


'The Dream of the Poet' de Paul Cezanne
        "The dream of the Poet"  de Paul Cezanne


Não há poeta menor.
Todos são poetas,
porque trazem, em si,
o resumo e a essência
da dor,
da esperança, da fantasia
e todos os anseios
de cada dia,
de cada instante.
Cada qual,
em seu espaço,
e com suas fórmulas,
é poeta!
Apenas eu desafino.
E, sempre que os leio,
é com uma ponta de inveja
e a sensação
de que se me anteciparam
e seqüestraram meus sentimentos,
pensamentos, esperanças,
dores, anseios e fantasias,
sem a minha devida autorização.
E, por isso, amargo,
querendo escrever
uma poesia amarga,
curtindo a solidão
de não ser todos,
todos os poetas.


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:56
link do post | favorito
De A Túlipa a 28 de Janeiro de 2008 às 21:34
Poesia amarga.... que disse que é má. Quem disse que nâo sabe doce ao coração dos amargorados?


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds