Sexta-feira, 21 de Abril de 2006

Estás em tudo


'A water idyll' de Hans Zatzka
                                                  “A water idyll”  de Hans Zatzka


Em cada nuvem, estás...
Em cada árvore, estás...
Nas estrelas,
nas ondas do mar
e a passear nos rios.
És a representação
de tudo:
do que se move
e do inerte.
És o passarinho que canta,
com as asas espalmadas,
a alma que alevanta
os versos,
os reversos.
És a primeira manhã.
És todas as manhãs.
Nada é concebível,
sem tua presença,
sem tua voz,
sem
o desenho incrível
que és,
que me sufoca...
Irresistível brasa,
em mim,
gravada em mim...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:01
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Lu Rosário a 21 de Abril de 2006 às 23:15
...e o amor mais uma vez está incrustado nestas palavras...


De jpcfilho a 21 de Abril de 2006 às 23:34
Lu, o amor está em toda parte, mesmo para quem não ama...abraço..


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds