Domingo, 21 de Maio de 2006

Do fundo do baú (34)


'A bride's Fantasy' de Georges Jules Victor Clairin
                                   "A bride's fantasy"  de Georges Jules Victor Clairin


Fantasia *

Se fores leve
como tuas palavras,
se fores audaz
como tuas fantasias,
lírica como teus versos,
se amiga
das borboletas
e do canto
dos pássaros,
se etérea como os anjos...
Há muito,
estás clandestina em mim
e sinto emoções
leves,
ao te pensar,
e lucubro tudo,
encantos e façanhas,
nas áreas suaves
dos sonhos
suaves...
Adejo
e volto a voar.
Obrigado!...


De: João Costa Filho

* 1.ª publicação – 9 de Janeiro de 2006



publicado por jpcfilho às 21:33
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Maria a 21 de Maio de 2006 às 22:11
Com leveza te li e gostei muito. O quadro é muito belo.
Será que os sonhos são brisas ligeiras?e nós é fazemos deles pesadelos?
Beijinhos
Maria


De jpcfilho a 22 de Maio de 2006 às 00:02
Alo Maria, obrigado pelo comentário.. Mas é isso aí que vc falou, na maior parte somos nós que encrencamos tudo...beijos..


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds