Terça-feira, 4 de Julho de 2006

O dedo


'The Creation of Adam' de Michelangelo Buonarroti
                                  “The Creation of Adam”  de Michelangelo Buonarroti


O dedo mostrou o
caminho dos montes
e apontou as estrelas,
distantes musas.
O dedo apontou a lua
e teceu a lã
que cobriu o homem,
naquele inverno.
O dedo roçou a flor.
O dedo fez amor.
O dedo, campeão
de carícias.
O dedo disse à menina
em que lado da rua
ela morava.
Fez trejeitos obscenos.
O dedo furou o bolo.
O dedo contou os dedos.
O dedo contou a multidão.
O dedo disse não
e riscou um divisor
de histórias.
Dedo em riste
fez a guerra,
ordenou massacres.
O dedo acusa.
O dedo dedura.
O dedo expulsou
do paraíso
e cabalou votos,
e enrugou,
e apontou os homens,
e os condenou,
e os delatou.
O dedo vil
crucificou o Homem.
Depois, fez o sinal da cruz...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:31
link do post | comentar | favorito

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds