Sábado, 12 de Agosto de 2006

Quando as luzes se apagarem


'The evening of the deluge' de Joseph Turner
                  "The evening of the deluge"  de Joseph Turner


Antes que as luzes se apaguem,
não me deixem sozinho...
Eu tenho medo da escuridão.
Também tenho medo do vazio
e medo do frio
das noites sem fim.
Antes que as luzes se apaguem,
me dêem as mãos...
Alguém me dê a mão.
Sim, também tenho medo da solidão.
Já é fim de tarde, já é tarde.
Logo, logo, vai escurecer.
Alguém me dê um lampião,
se está para anoitecer
e as noites são trevas,
são trevas e breu,
é a escuridão e eu.
Depois de tanto viver,
de tanto conviver:
amigos, família, amores,
filhos, quantos filhos,
quantos amores, quantas dores...
E já é fim de tarde, já é tarde.
Logo, logo, vai escurecer,
e eu sozinho.
Como fazem falta as mãos,
só para segurá-las
e inventariar o passado
e lembrar... e lembrar... e lembrar...
E, depois, esquecer... esquecer... esquecer...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 20:05
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Cöllyßry a 14 de Agosto de 2006 às 19:41
Eu gosto da noite, da magia, que a envolve gosto de...
Mei rasto Te deixo meu doce amigo...
Cõllybry


De jpcfilho a 15 de Agosto de 2006 às 09:16
Olá Collybry, obrigado pela presença, beijos..


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds