Terça-feira, 21 de Março de 2006

Minha identidade


'A water baby' de Herbert Draper
                              "A water baby"  de Herbert Draper


Estou preso às decisões do passado
e às promessas do futuro.
E meu presente
é um lapso complicado,
entre um e outro.
Nele, arguo minhas convicções,
já abaladas por
decisões exteriores
de sistemas e regras,
que não entendo
e não quero entender.
Não quero respeitar estatutos
em que não participei
de leis que não me consultaram
ou de remorsos que me impuseram...
Por que fraturam minha liberdade?
Por que quebram minha alma?
Por que distorcem meus sentidos?
Por que existo?
Qual o meu destino?
Adaptar-me-ei, tardiamente?
Por que sou responsável?
Por que me condenam,
se nem sei quem sou?...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 20:28
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Anónimo a 23 de Março de 2006 às 08:05
Grande "barco antigo", é um favor que por aqui passes, quanto ao teu cais, fique tranquilo... abração...espelhodesombras
</a>
(mailto:jpcfilho@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Março de 2006 às 08:03
Margariada.Daniel, voltes quando quiseres, e ali no teu cantinho irei sempre... espelhodesombras
</a>
(mailto:jpcfilho@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Março de 2006 às 07:59
Alo LuRosário, que bom que tenhas gostado, mas vale a pena lutar sim, pero não por algumas coisas...abraço..espelhodesombras
</a>
(mailto:jpcfilho@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Março de 2006 às 15:52
Gostei da poesia..e ela me fez retornar ao passado onde tudo o que eu escrevia me fazia questionar sobre quem sou e onde estou. Concordo com o comentário que fizeres em meu blog....por isso no final do post eu questionei. O que é o socialismo hoje? Nada mais parece ter sentido, é como se não valesse a pena lutar.Lu Rosário
(http://www.sempudor.blogs.sapo.pt)
(mailto:lu.rosario@yahoo.com.br)


De Anónimo a 22 de Março de 2006 às 09:01
Gostei muito desta tua poesia e tinha intenção de vir aqui colocar-te um comentário. Não o fiz logo, porque este meu endereço é desconhecido da família e não quero ser apanhada a usá-lo.
Obrigada pelo comentário que me deixaste. Estou a segui-lo e a aproveitar cada momento possível, ainda que parta a cara.
Até hoje, só me arrependo do que não fiz. Não quero que neste caso, isso também se aplique. Vou viver o presente.Margarida.Daniel
(http://fenixforever.blogs.sapo.pt)
(mailto:margarida.aniel@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Março de 2006 às 08:41
Olá aportei nas tuas palavras tambem agradecendo a visita.
Passarei por cá mais vezes, para ler e comentar.
abraço do marbarcoantigo
(http:/memoriasvirtuais.blogspot.com)
(mailto:barcoantigo@sapo.pt)


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds