Domingo, 24 de Setembro de 2006

Reserva de sonhos


'Dream of the Orient' de Charles Amable Lenoir
                                 "Dream of the Orient"  de Charles Amable Lenoir


Não esgotes
teu estoque de sonhos.
Não tentes realizá-los
tão rapidamente.
Se puderes,
goza-os, um a um,
displicentemente
e em doses homeopáticas.
Não vás com muita sede ao pote,
pois, quase sempre,
realizados,
ficam-se banais,
e outros serão banais,
quando consumidos
com destemperança.
Esgotam-se por si,
pois os desejos
vão decepcionando
longe daquilo,
quando sonhos.
Guarda, porém, alguns.
Afinal, tens de ter
uma reserva de sonhos,
para sonhares,
sempre.
E que não te faltem
no futuro,
se sonhar é viver...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 20:08
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Chaladinha a 25 de Setembro de 2006 às 21:05
Mas por vezes a vida tira-nos a capacidade de sonhar... mesmo que não se realizem os sonhos desmedidamente....
Preciso de aprender a sonhar!!!


De jpcfilho a 26 de Setembro de 2006 às 08:36

Olá Chaladinha, isso é temporário, logo vc estará sonhando como nunca... E reaprender é fácil, mais ou menos como andar de bicicleta....beijos


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds