Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

O amor


'Romance in red' de Alfred Gockel.jpg
                              "Romance in red"  de Alfred Gockel


Vou fechar os olhos
e viajar contigo,
em rios e mares
ainda não navegados.
Vou voltar no tempo
e pensar um amor visceral,
poderoso,
que diga de sangue
e de flores.
Flores ensangüentadas
da paixão,
amor terrível,
que perfume o inferno
e peque no paraíso.
Um amor cavalheiresco,
para uma dama que arrisca
tudo, pelo momento maior,
sem dúvidas.
Se necessário, atravessar
os portais da morte,
sem medo,
unos,
para eternizar o indefinido,
pujante,
no amor e na dor,
sem reticências.
Até ao fim,
amor, amor, amor...
E, depois, quero morrer
bêbedo dessas lembranças,
que é melhor
do que nunca tê-las vivido...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 21:36
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Lu Rosario a 12 de Outubro de 2006 às 20:54
Eu vivi o amor.

E vo tentar não me ausentar tanto do blog...postei lá.. mas nada escrito por mim, apenas umas palavras minguadas.

Beijos!


De jpcfilho a 12 de Outubro de 2006 às 22:58
Olá Lu, é isso aí, o grande barato é não se ausentar, e continuar com teu blog, pois ele te dá uma válvula de escapadelas dos maus momentos...E se viveu o amor, só posso te parabenizar... Tens boas recordações então? beijos


De Suzy a 16 de Outubro de 2006 às 11:00
Sempre belos poemas:)
Li agora o teu comentário..
Sim tenho andado desaparecida, com menos tempo e "inspiração" para ir ao blog...
Até estou a pensar em fazer ou uma pausa ou em parar com ele... não sei...
Mas não me quero afastar de algumas pessoas, e tu és uma delas:)
Escreve.me se quizeres para o meu mail: susanarc.teixeira@gmail.com

E se quizeres me acrescentar no msn é o gostoplorosa@hotmail.com
Nem sempre tenho tempo para lá ir... ultimamente tenho ido mesmo menos vezes...

Um beijinho com carinho :)


De jpcfilho a 17 de Outubro de 2006 às 09:17
Olá Susana, mas como pode vosmicê largar seus amigos assim? A não ser por compromissos inadiáveis. Pois, tenha certeza, que entre amigos, e trocando palavras e versos, nós nos multiplicamos, e portanto ficamos mais resistentes, e quase imunes? beijos


De Suzy a 17 de Outubro de 2006 às 10:45
Se eu te quizesse "largar" não te teria deixado os meus contactos, João...
Por acaso já lá tenho um post novo...
Claro que eu não quero isso.
Um beijinho com carinho.


Comentar post

.Ao som de:


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 15 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.Link em selo



.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds