Sábado, 20 de Fevereiro de 2010

Última lágrima


'Tearful encounter' de Thomas Barbey
                                         "Tearful encounter"  de Thomas Barbey


Uma lágrima
pode ser, apenas,
uma gota,
um pingo que evapora,
volatiliza, rapidamente...
Mas, em sua nano
estrutura,
contém muitas páginas
de universos insondáveis,
inacabados,
histórias sem fim,
condensadas e intraduzíveis...
Histórias em ínfimos,
precipitando em
horas azadas,
no momento
de registrar
as emoções,
o amor, a dor...
Sentimentos mil
e suas trágicas finalidades,
muitas vezes, últimas
e últimas,
muitas vezes...


De: João Costa Filho



publicado por jpcfilho às 22:14
link do post | favorito
De M.Luísa Adães a 3 de Março de 2010 às 10:26
joão

A Lágrima,
É um choro aflito
Ou várias lágrimas
de Alegria.

Essas são as melhores!

Mas a Tua Última Lágrima

é uma lágrima
inacabada,
insondável,
intraduzível,
de mil sentimentos
e traduz a dor,
de alguma coisa perdida.

Espero que não seja,
A tua última lágrima!...

Belo poema. Já tinha saudades de teus versos.

beijos da amiga,

Maria Luísa


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds