Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

Meus quinze minutos


'L' inspiration du Poète' de Nicolas Poussin
                            “L' inspiration du Poète”  de Nicolas Poussin


Preciso de escrever
uns versos
que falem de verdades
que não me pertencem,
que toquem as criaturas
de qualquer maneira,
seja como sopro do vento
ou o calor do fogo,
a leveza das flores...
Qualquer coisa!
Uma palavra, assim,
bem dita,
que enterneça
e faça de mim um poeta,
mesmo que
por quinze minutos.
Quero dizer, enfim,
que sinto tudo
de amor, de sofrimentos
de tristezas,
mas, também, de grandes
momentos: de paixão,
de união, de palavras de mel
e de me derreter,
em momentos desconexos,
até por não me exprimir bem,
como os verdadeiros
fazedores de versos...
Necessito de dizer tudo isso,
com palavras bonitas.
Que o amor vale tudo,
vale a vida,
vale o risco,
até porque seu nome
é amor...


De: João Costa Filho




publicado por jpcfilho às 21:50
link do post | favorito
De Maria a 16 de Novembro de 2006 às 20:53
Me torno guerreira
se vale tudo
sou como qualquer criatura
que na dança do amor
sempre se sente insegura.
Lindos como sempre os teus versos,que me tocam na alma.
beijinhos
Maria


De jpcfilho a 16 de Novembro de 2006 às 21:00
Olá Maria, muito obrigado oelo elogio e pela visita...
Estou sempre aqui, te esperando...beijos


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ficastes

. Quase ontem

. Denúncia

. ADEUS, AMIGO

. ...

. Bendito fruto

. ...

. Amor animal

. Interiores

. A partida

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.subscrever feeds